Em movimento !

Etiquette

O jogo de cartas “Em Movimento!! ESPELHOS”

Este jogo é composto por 64 cartas, que funcionam em pares de posturas corporais em “espelho”.

Em cada carta, uma criança está numa posição de ação.

Para cada pose de rosto, encontramos a mesma de trás; e para cada pose de perfil esquerdo, encontramos a mesma sob o seu perfil direito.

Jogo aprovado pela Federação Francesa de Psicomotricistas

 POSSIBILIDADES DE UTILIZAÇÃO:

Para a linguagem:

– nomar, designar os elementos do corpo, as posturas apresentadas,

– encontrar as posições em “espelho”,

– fazer uma “Memória” das posturas,

– jogar um “mistigri”,

– fazer adivinhar enigmas

Para as habilidades motoras, é possível:

– imitar uma postura com apenas uma carta e/ou na frente de um espelho

– encontrar as posturas opostas nas cartas e, em seguida, reproduzi-las consigo mesmo, talvez na frente de um espelho…

Completa perfeitamente o jogo de computador Em movimento !! Onde as cartas também podem se tornar modelos a serem reproduzidos.

E vice-versa, a função de “imprimir o personagem” do programa (em qualquer fase do jogo) permite completar o jogo de cartas…

Conselheira científica: Geneviève Labes, Psicomotricista e professora na universidade Paris V

O jogo de computador – CD-Rom “Em movimento !! »

“Em movimento” foi publicado em resposta a um pedido dos terapeutas, para trabalhar o padrão corporal, as atitudes, o movimento.

Enquanto esperamos poder editá-lo no formato magnético com os elementos do corpo vistos da frente, perfil e de trás, proporcionais ao jogo “Toneladas de Cabeças”, nós decidimos publicá-lo sob a forma de software.

Este jogo permite uma internalização da imagem do corpo. A visualização e, então, a verbalização da atitude do personagem e dos elementos do seu corpo, permitem a elaboração mental da representação deste.

Trata-se, neste jogo, de compor um personagem a partir dos seguintes elementos: rostos, penteados, troncos, braços, mãos, pernas, pés. Existem bilhões de combinações possíveis.

Este jogo é adaptado às deficiências múltiplas: clique simples, velocidade de deslocamento ajustável , vários “níveis” de jogo.

Ele foi projetado junto a Anne Missotte, terapeuta ocupacional que trabalha numa instituição especializada que acolhe crianças e jovens adultos portadores de poli e multi-deficiência quanto à parte de interface do jogo, e a Geneviève Labes, psicomotricista em CMPP e professora na Universidade de Paris VI, quanto à parte de análise do movimento.

A fim de tornar este jogo acessível ao maior número de crianças e jovens, nós desenvolvemos 4 níveis de jogo com ajuste de velocidade, que o terapeuta pode adaptar a cada sessão de acordo com a acuidade, a percepção visual da criança e sua capacidade de responder.

Nível 1: deslocamento central do personagem, 1 escolha, 1 clique

– Podemos imprimir o personagem a qualquer momento. E por que não em preto e branco: assim dá para colorir!

Nível 2: deslocamento lateral, 1 escolha, 1 clique

Nível 3: seleção do elemento com o mouse e função “apagar”

Nível 4: seleção do elemento com o mouse, deslizamento do elemento e posicionamento no lugar certo no corpo, e animação do personagem.

Possibilidades de utilização:

Trata-se, neste jogo, de compor um personagem a partir dos seguintes elementos: rostos, penteados, troncos, braços, mãos, pernas, pés. Existem bilhões de combinações possíveis.

A criança pode escolher :

– o sexo do personagem, pelo penteado ou pelo tronco,

– a cor da pele do seu personagem que, por razões, técnicas, nós decidimos limitar a 2: bege e marrom

– a posição do corpo: de frente, de costas, de perfil esquerdo ou de perfil direito.

Para o conhecimento do esquema corporal, os modos de uso deste jogo são múltiplos :

– pelo vocabulário: nomear, designar, representar os elementos do corpo, as posições possíveis,

– por imitação: a criança pode copiar um modelo que o terapeuta expressar por mímica ou que tenha sido preparado e impresso antecipadamente,

– fazer com que este personagem viva uma situação, um esporte, uma ação, mexendo os elementos,

– reproduzir a posição em si mesmo, na frente de um espelho…

– construir um personagem com ou sem instruções, e fazê-lo viver.

* a função “imprimir” permite :

– que a criança saia da sessão com um desenho que tenha construído no computador, em qualquer fase da construção.

– que o terapeuta prepare a sua sessão, imprimindo com antecedência as poses que deseja trabalhar com o seu paciente.

Esta função foi pensada para economizar a tinta: mesmo se imprimir em cores, o fundo azul da tela não será impresso!

* a função “mover” do 4º nível: uma vez que o elemento é colocado no corpo, é possível dobrar uma articulação, mover cada elemento num eixo de rotação, dando asas a momentos de gargalhadas! porque aqui às vezes chegamos ao impossível!